Um presente para a Música Eletrônica, estreia o livro MEB

Um verdadeiro tratado sobre como a música eletrônica em nosso país se deu, desde os primeiros passos na década de 1930 até a contemporaneidade. Um trabalho minucioso, cronológico e que se complementa com centenas de biografias de artistas e personalidades fundamentais para a construção do mosaico brasileiro eletrônico. Assim é o MEB – A História da Música Eletrônica Brasileira, novo lançamento da LiteraRUA Editora que chega ainda em agosto.

eric_livroQuem afirma que a estreia de Eric Marke é apenas agora está muito enganado. Antes do livro MEB, Marke acumulou uma vasta e respeitosa experiência em diversas áreas, mas todas interligadas ao universo musical: DJ há mais de três décadas, onde discotecou em memoráveis casas como Madame Satã e Espaço Retrô aqui em São Paulo, é também jornalista e atuou como correspondente da TV BBC News em jornalismo cultural. Hoje é professor universitário com longa experiência, atualmente leciona no Centro Universitário Belas Artes.

Tudo isso é para mostrar que o livro de estreia de Eric Marke é apenas uma importante fração de tudo o que ele já faz e do que ainda está por vir.

Hoje, 11 de agosto, é o aniversário do autor, mas o presente é seu também: ainda nesse mês a LiteraRUA trás o livro MEB, um lançamento singular, necessário, intenso e urgente. Para comemorar tudo isso, estivemos com ele para um breve bate papo que você acompanha abaixo. Saiba mais como o MEB foi construído e se prepare para essa jornada que já está em pré-venda:

Blog LiteraRUA: Qual a importância da sua obra para a Música Eletrônica Brasileira?
Eric Marke
: Não só acredito como eu sei que esta obra será de grande importância para todo cenário da música eletrônica brasileira e mundial. É um marco inicial para todos que gostam de ler sobre este tema, sem restringir a nichos e grupos. A partir das consultas no meu livro, os leitores que produzem Música Eletrônica vão poder continuar esta história e criar suas próprias. Eu espero estar junto nas lives – ou onde puder estar –acompanhando, gravando, entrevistando ou somente curtindo com meus amigos.

 

eric_fone

Eric Marke sob a lente de Demetrios Santos


BL:
 Fale um pouco sobre como a pesquisa foi desenvolvida e quais os critérios para escolha dos cenários e artistas retratados no MEB?
EM: Eu comecei a pesquisar alguns temas sobre música eletrônica, e me deparei com a falta de um livro que falasse sobre a documentação do cenário brasileiro. No começo tive que fazer vários contatos via cartas, e-mails ou encontros para iniciar um mapeamento. O único critério abordado foi tentar resgatar o máximo de histórias possível, dentro de um modelo enciclopédico.

BL: Quando e por que você decidiu escrever sobre a história da música eletrônica brasileira?

20375756_1421987807894425_5486752556579874895_n

O livro já está disponível em pré-venda

EM: Em janeiro de 2000 comecei a escrever meu livro. Eu decidi abordar este tema pelo amor que tenho pela música eletrônica – é algo muito difícil de explicar, pois esta dentro de mim, no meu coração.

BL: Quais os maiores desafios pra conclusão desse projeto?
EM: São três grandes desafios: o primeiro foi em trazer o máximo de informações em um único livro. Depois, escrever sendo imparcial. E então, resolver concluir para enfim publicar.

BL: Porque você escolheu a LiteraRUA para essa parceria?
EM: Bom, certas amizades são para sempre, mesmo quando às vezes estão um pouco distantes. O Demetrios (meu editor) é um amigo de longa data. Lembro que ele trouxe uma vez o Toni (CEO da LiteraRua) para conhecer minha casa e conversar com meu pai sobre política – isso há muitos anos. A escolha foi mais que certa, pois uma das principais linhas editoriais da LiteraRua é sobre música.

BL: 15 anos não é muito tempo pra conclusão de um livro?
EM: Cada autor tem seu tempo para lançar seu livro, e somente cabe a ele esta decisão. Não importa o tempo que levou para escrever, e sim sua conclusão e sua publicação. No meu caso, tomei a decisão de reunir o máximo de histórias por todo Brasil, e sabia desde o começo em 2000 que isso não seria fácil, mas nunca desisti. E agora depois de 17 anos é com enorme orgulho (do tipo de ver seu filho nascendo) que encerro esta primeira etapa.

Garanta já o seu:

capa_MEB_web_b

Compre agora (Pré-venda)

Por: R$ 39,99 

Economize  R$ 10,01

ou 1x Sem juros de R$ 39,99 
ou 2x com juros de R$ 20,59

Anúncios

2 comentários sobre “Um presente para a Música Eletrônica, estreia o livro MEB

  1. Salvas de aplausos ao Eric Marke pela dedicação em mostrar que longe dessa mídia propagadora de modinhas imbecilizantes, existe coisa boa no Brasil e artistas de qualidade. Música Eletrônica é muito mais que um mero “putz putz”, mas sim há história, equipamentos, os pioneiros e quantos hardbeats foram necessários para se chegar até aqui hoje. Faço minhas as palavras do Dj Akeen: “O DJ genuíno é aquele que tem conhecimento de música teoria e prática!”

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s